Receba nossa news

  •  
  •  
Você está aqui: Home Exclusivo Saúde Mitos e verdades sobre disfunção erétil

Mitos e verdades sobre disfunção erétil

saude 06044Assunto ainda é proibido entre homens

Falar sobre falhas durante o sexo é um tabu entre os homens. Porém, o que a maioria deles não sabe é que o distúrbio tem ligação direta com a saúde física e psicológica. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a disfunção erétil afeta 30% dos brasileiros (15 milhões). Esse é o principal temor de 42% dos homens, segundo pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) em parceria com a Bayer.

Apesar de o problema ocorrer normalmente com homens dos 40 aos 69 anos de idade, tem se tornado cada vez mais recorrente entre pessoas dos trinta e poucos anos. A disfunção acontece por causa dos maus hábitos e de uma rotina desregrada e estressante. Para esclarecer o assunto, o urologista e chefe do departamento de Andrologia da SBU, Dr. Eduardo Bertero, analisa alguns mitos e verdades sobre disfunção erétil.

Somente problemas psicológicos causam disfunção erétil?
MITO. As causas podem ser físicas e psicológicas. Entre os problemas físicos estão a diminuição nos níveis de testosterona, obesidade, tabagismo, pressão alta, diabetes, colesterol elevado e sedentarismo. Já as causas psicológicas variam entre ansiedade, estresse e depressão. O excesso de álcool e cansaço também podem comprometer o desempenho sexual masculino.

O colesterol desregulado e a pressão alta afetam o desempenho sexual?
VERDADE.Problemas no sistema circulatório impactam o desempenho, pois dificultam o fluxo sanguíneo para o pênis. O colesterol desregulado pode contribuir, por exemplo, com o acúmulo de placas de gordura na artéria peniana, restringindo o fluxo e comprometendo a ereção.

Pré-diabetes e diabetes podem contribuir com a impotência sexual?
VERDADE.Níveis desregulados de glicose podem contribuir para o engrossamento da parede das artérias que irrigam o pênis. Clinicamente, mais de 50% dos homens que têm diabetes podem desenvolver impotência sexual.

Impotência sexual é sinal de andropausa?
DEPENDE.A andropausa é a redução dos níveis de testosterona, mas isso não significa que todos os homens que tenham dificuldade em manter ereção tenham baixa produção de hormônio.

Existe solução para a impotência?
VERDADE.Medidas como prática de atividade física, alimentação balanceada, consumo moderado de bebidas alcoólicas e parar de fumar influenciam positivamente o combate à impotência sexual, principalmente em quem tem causa física para o problema.

Fonte: Assessoria de Imprensa Bayer (Burson-Marsteller)
Foto: Shutterstock

Veja Também

Sites do Grupo

logo-contento
logo site

Contate-nos

1396561723 social facebook box blue   1396561730 social twitter box blue   1396561765 youtube

Guia da Farmácia: Revista dirigida aos profissionais de saúde
Rua Leonardo Nunes, 198
Vila Clementino – CEP 04039-010
São Paulo – SP


Telefone (11) 5082-2200
comunicacao@contento.com.br